sexta-feira, 8 de abril de 2016

Terror na Caneca: O Mistério das Duas Irmãs (Por Bruno Moura)


"The consequence of your illusions is your reality"
Steven Redhead

Olá pessoal, tudo bem?

Retomando as postagens do Terror na Caneca, o filme a ser comentado hoje entra na categoria Terror Psicológico yaaaaas.
O filme conta em seu elenco com Emily Browning como Anna Ivers (Sucker Punch), Elizabeth Banks interpretando Rachel Summers (trilogia The Hunger Games e Pitch Perfect) e Arielle Kebbel como Alex Ivers (American Pie presents: Band Camp).


Em uma escala de 0 a Norman Bates (mother!), o quão transtornado você ficaria se presenciasse a morte da sua mãe, sabendo que seu pai a traía com a pessoa responsável por cuidar dela?

Esse é o dilema vivido por Anna Ivers. Enviada a uma instituição psiquiátrica após os eventos envolvendo a trágica morte da sua progenitora, Anna retorna a casa do seu pai, Steven Ivers, para um novo começo. Para sua surpresa, Rachel, até então do time "estou sendo paga para estar aqui", digivolveu para um estágio mais pessoal. Ela é agora a namorada do seu pai (todo dia um 7x1 diferente para a Anna).

Mas vamos falar de coisa boa? Vamos falar de Top Therm do reencontro de Anna com Alex, sua irmã mais velha. Alex segue a linha filha rebelde (gênio forte) que vemos em uma porrada de filmes. Em meio a uma discussão por elas não terem tido contato durante o período da Anna na clínica psiquiátrica, Alex descobre que suas cartas e mensagens não foram entregues a sua irmã, a qual leva a acreditar que seu pai seria o responsável pelo ocorrido.

Como diria uma conhecida minha "para o pior, não há limites". Anna começa a ter pesadelos relacionados a morte da sua mãe nos quais não só apontam Rachel como a responsável, como também pela mesma possuir uma outra identidade chamada Mildred Kemp. Aterrorizada por tais revelações, Anna começa uma corrida contra o tempo para desmascarar sua madrasta e expor a verdade por trás do falecimento da sua mãe. Porém, em quem ela deve confiar? Estaria Anna em condições normais de temperatura e pressão mentais para voltar ao convívio em sociedade?

Destaco a atuação da atriz Emily Browning, mostrando tanto o lado puro e inocente (e cute) de Anna, assim como seu lado transtornado. Os cenários alternam entre a clínica psiquiátrica e a casa de Anna, logo não há uma diversidade muito grande (aliás, aquela casa é #goals). O desfecho é bem bacana e aos meus olhos não decepciona! Fica a recomendação :)

Quem é Rachel Summers?

Bruno Moura
(@bruno_dsm)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...