terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Especial Oscar 2015: A Teoria de Tudo (Por Rodrigo Sansão)


A Teoria de Tudo é um filme baseado na biografia de Stephen Hawking. Honestamente, eu conhecia muito pouco (ou quase nada) da história dele. Escutar sobre Hawking me remetia apenas a "aquele gênio da cadeira de rodas". Sabia da sua importância no mundo científico, mas não tinha noção da sua trajetória!! E então me surpreendi! Depois de assistir o filme, chego a conclusão de que ele é o CARA



O filme começa na sua época de estudante, quando já se destacava pela sua notável inteligência. Um jovem com seus trejeitos do que podemos chamar típico nerd, que se apaixona pela também estudante Jane Wide e começa um relacionamento amoroso. É nessa época então que Hawking descobre ser portador de esclerose lateral amiotrófica, uma doença motora degenerativa que iria confina-lo  a uma cadeira de rodas pelo restante da sua vida. Com os médicos apontando uma expectativa de vida de cerca de 2 anos, o jovem astrofísico consegue superar todas as dificuldades e se torna uma das personalidades científicas mais importantes do século.

A narrativa do filme foi muito bem construída de modo a fazer um paralelo entre sua vida pessoal e sua carreira como cientista.  Referências sobre seus estudos, descobertas e teorias são bem expostas sem tornar o filme cansativo. Alguns temas mais delicados como por exemplo, o confronto entre a religião e a ciência,  foram explorados de forma sútil sem polemizar e ao mesmo tempo trazendo uma breve reflexão.

A atuação de Eddie Redmayne interpretando o papel principal foi impecável. É favoritíssimo ao Oscar de Melhor Ator. Felicity Jones também foi muito bem na pele de Jane Wide, embora não deva levar o prêmio como Melhor atriz. Existem boas possibilidade de levar o prêmio de Roteiro Adaptado, mas poucas chances em levar para Melhor Trilha Sonora. 
Embora não deva ganhar, seria muito merecido se vencesse o Oscar de Melhor filme. Tecnicamente foi ótimo, no conjunto da obra ficou perfeito. 

Dos filmes indicados até agora foi o que mais me fez refletir. O filme não é apenas uma biografia de um brilhante cientista. O filme é sobre o amor, sobre a amizade, sobre a caridade, sobre a humanidade e sobre a vida

Confesso que fiquei fascinado pelo bom humor de Hawking! Quantas vezes deixamos de sorrir por pequenos problemas?  Quantas vezes reclamamos da vida sem razão? Quantas vezes desanimamos diante de pequenos obstáculos? E ele ali, sem se mexer, sem poder falar, se comunicando com os olhos, mas mais feliz do que muitos de nós!! O filme é um verdadeiro tapa na nossa cara!

Enfim, assistir A Teoria de Tudo foi uma grande experiência. O filme é bonito, é tocante, é cativante! Sem dúvida nenhuma, uma lição de vida!! Recomendo e muito!!!

(Por Rodrigo Sansão)

Update: Eddie Redmayne, como se esperava, levou a Estatueta de Melhor Ator.

2 comentários:

  1. Onde há vida, há esperança. Levarei essa frase para vida. E adorei o Resumo!

    ResponderExcluir
  2. Pelo resumo, vou perder umas horinhas de sono para assistir!:)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...