segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Jogos Vorazes: A Esperança - O Final (por Salemme)

The Hunger Games: Mockingjay - Part 2 (2015)

Primeiramente vou pedir desculpas a quem estava aguardando a Caneca falar sobre Jogos Vorazes... Assisti no final de semana da estréia. mas meu notebook resolveu morrer e aí... nada de texto...

Mas, sem mais delongas, vamos lá!

Eu estava muito ansiosa para assistir a última parte de A Esperança. Desde o primeiro filme da trilogia de livros, considero a adaptação muito fiel e isso me encanta (principalmente por ser raro...).





O final do filme não deixa nada a desejar! Fiel ao livro e rico em detalhes não deixa os fãs saírem decepcionados. Embora o inicio seja um tanto quanto parado, quando a ação começa é eletrizante e me deixou vidrada na telona.

O filme começa precisamente na continuidade da primeira metade da história, onde descobrimos que Peeta (Josh Hutcherson) foi "envenenado" na Capital e se tornou uma arma letal contra Katniss (Jennifer Lawrence) - que mais uma vez deu um show de interpretação - e com a lavagem cerebral agora acredita que ela é a causa de todos os problemas da Panem. Enquanto o departamento médico do Distrito 13 tenta reverter o quadro de Peeta, Katniss Everdeen continua a frente da guerra contra a o presidente Snow (Donald Sutherland). Agora com o apoio de todos os distritos (com poucos resistentes) estão cada vez mais próximas de invadir a Capital e lutar pelas mudanças tão esperadas no país.

Sempre com seu lado rebelde, Katniss mantem sua incapacidade de cumprir ordens, principalmente porque faz questão de ser ela a (possivelmente) assassinar o presidente Snow e conta com o apoio de Gale (Liam Hemsworth) por quem nutre um amor de infância (que nos deixa bem confusos quando ela demonstra também grande amor por Peeta) e de Haymitch (Woody Harreison) seu mentor desde sua primeira participação nos jogos.

Nessa jornada, Katniss vai conhecer melhor as intenções da Presidente do Distrito 13 - Alma Coin (Julianne Moore) e vai ter que tomar importantes decisões para o bem de todos enquanto lida com a dor de suas próprias perdas e confusões sentimentais.

Vou para por aqui, antes de me empolgar, para não dar spoilers para que não leu os livros (aliás, se não leu, leia! Vale muito a pena).

O filme está muito bem produzido, muito fiel a história original e vale (muito) o ingresso na telona.


Mais que recomendado!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...