quarta-feira, 13 de julho de 2016

Caneca de Risos: Caça-Fantasmas

(Ghostbusters - 2016)

Um gostinho de nostalgia de infância misturado com uma moderna aplicação de representatividade! Essa foi a sensação após sair da sala do Cinema na sessão de pré-estreia de Caça-Fantasmas.

Pra aqueles mais novos do que a geração Y entenderem, os originais "Os Caça-Fantasmas" foram 2 filmes lançados em 1984 e 1989 e que a maioria de nós conhece mesmo é das inúmeras vezes em que passou na Sessão da Tarde dos anos 90. Lá nesse filme 3 cientistas de fenômenos naturais desempregados, se juntam com um quarto cara e abrem uma empresa de caçar fantasmas.

Daí que agora em 2016 a história foi revisitada com uma inversão radical! Os quatro protagonistas foram substituídos por quatro mulheres! A nova história não é uma continuação nem um rebot. É uma revisita aos originais aproveitando o tema e o modelo dos filmes, somado a devidas (e muitas) homenagens e com muita piada com a inversão de esteriótipos!

ghostbuster
As Mina

A história desse filme começa com a professora Erin Gilbert (Kristen Wiig, a madrinha de casamento menos sortuda do mundo) a mulher é uma professora universitária de carreira impecável, prestes a ser promovida para um novo título, quando um livro escrito por ela durante sua juventude vem a tona. O tal livro, sobre fantasmas e outras paradas paranormais, foi escrito em co autoria com sua amiga de infância, a também cientistaAbby Yates (Melissa McCarthy, a madrinha de casamento menos normal). Abby, que continua estudando os espectros do além, resolveu voltar a vender o antigo livro pra financiar suas pesquisas atuais. Acontece que a descoberta do livro faz Erin perder seu emprego e ela vai atrás de Abby pra tentar tirar satisfação dar um jeito de retomar seu emprego. Mas aí fantasmas começam a surgir de verdade por Nova York! (De verdade não no sentido físico, mas sim no sentido factual, no caso)  Erin e Abby se juntam com a engenheira Jillian Holtzmann (Kate McKinnon, várias séries, várias dublagens e nada nem de perto parecida com essa aqui) e com profunda conhecedora da geografia histórica de NY e funcionária do metrô, Patty Tolan (Leslie Jones, também de várias séries). As quatro iniciam o trabalho na nova Caça-Fantasmas. Fantasmas esses que agora assustam de verdade (principalmente na versão 3D)!




É sensacional a inversão de gêneros usada no filme e principalmente humor forçadamente tirado dela. As três cientistas travam diálogos científicos pra nerd nenhum botar defeito. E, ao contrário do que foi muito divulgado pelos haters nas redes sociais antes do lançamento do filme, as mulheres não deixam nada a deseja na comparação (isso se fosse necessário fazer uma). O filme inverteu inclusive o papel da secretária, substituída pelo recepcionista Kevin, bonitão e burro altamente sexualizado e pouco sagaz para tarefas que exijam raciocínio (aqui interpretado por Chris Hemsworth, Thor). Entre as quatro protagonistas é simplesmente impossível destacar uma só (nem o filme faz isso, inclusive). Melissa já provou que nasceu pra fazer a gente rir e sua cientista Abby, distante de todos os padrões inclusive de gosto pessoal, só acentua a linha. Holtzmann de Kate tem um jeito meio canastrão, meio nerd, meio geek que faz o espectador esquecer qualquer espectro de padrão que a atriz podia dar pra personagem (e faz rir muito também). Leslie bota no filme o toque do humor dos negros americanos sem perder a representatividade. Pra ficar mais divertida, só se tivessem aproveitado a quebra de esteriótipos e pra quebrar também o da negra ser a única não cientista da equipe (que já existia no primeiro filme). E Kristen dá pra Erin um jeitão de mulher certinha com quebras de empolgação nerd muito bem colocado e divertido. Além das novidades, o filme ainda é um puzzle pros nostálgicos, que podem passar toda a sessão se divertindo na busca pelas referências dos primeiros filmes. Dá pra achar os quatro caras, a mina, uns fantasmas famosos e mais umas tantas outras referências legais (Uma ideia bacana: Deixe os seus achados nos nossos comentários!).


Enfim, superando a expectativa de muita gente por aí, o novo Caça-Fantasmas, do diretor Paul Feig (que ama Melissa) não só não decepcionou como surpreendeu renovando a já conhecida história sem perder a aura nostálgica anos 80! Para se sentir criança ou para rir um bocado, recomendado!

Cris F Santana
(@crisfsantana




Outros detalhes sobre o filme e pra saber o que entrou em cartaz junto com ele, assista no Canal da Caneca: 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...