terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Brasil na Caneca: Divã (por Salemme)

Divã (2009)

Divã está, com toda certeza, no topo da lista de filmes nacionais que eu gosto. Desde que assisti o lançamento no cinema fiquei apaixonada pelo filme, pela história, pelo modo como ele mexe com os sentimentos.

Mercedes (a maravilhosa Lilia Cabral) é uma mulher de 40 anos casada com Gustavo (Zé Mayer) um marido que trabalha e gosta de futebol. Ela tem dois filhos, cuida da casa, dá aulas particulares de matemática e pinta quadros como hobby. Tudo perfeitamente encaixado como num comercial de margarina.




Até que incomodada por algo que nem ela sabe bem explicar porque, decide procurar um analista, inicia sessões de terapia e é quando começa a descobrir outras facetas dela mesma, a questionar muitos pontos da própria vida e a vivenciar algumas descobertas, Nesse tempo, começa a desconfiar que está sendo traída pelo marido e percebe nela também um desejo de experimentar novidades na vida... é quando conhece Téo (Reynaldo Gianecchini), o irmão mais velho de uma de suas alunas e vive com ele loucuras que nunca pode experimentar. 

A personagem Mercedes é o tempo todo muito intensa, todos os sentimentos vividos por ela são profundos, os bons e os ruins e isso nos faz sentir junto com ela. Sempre ao lado da melhor amiga Monica (Alexandra Richter), Mercedes passa por grandes reviravoltas na vida que era tão pacata e arranca gargalhadas e lagrimas de quem está acompanhando a história.

O elenco conta ainda com Cauã Reymond (Murilo), Paulo Gustavo (René) e Eduardo Lago (Carlos Ernesto).



É um filme que vale a pena ser assistido, muitas vezes (se você gostar de filmes repetidos como eu!).

Está muito mais do que recomendado!!! 

(Salemme)






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...