Caneca de Estreias: 17 de Setembro

Confira as principais Estreias da semana de 17 de Setembro nos Cinemas!


Maze Runner: Prova de Fogo (Maze Runner: The Scorch Trials) - trailer

O blockbuster da semana é a continuação da franquia Maze Runner inspirada na trilogia de livros homônima de James Dashner. Dessa vez, após escapar do labirinto, Thomas (Dylan O'Brien, que continua correndo mais e saindo por último, vide trailer) e os garotos que o acompanharam em sua fuga da Clareira (toda aquela encrenca do primeiro filme) descobrem que tem coisa errada nas palavras de Janson (Aidan Gillen,o Baelish) e fugindo também do seu QG, precisam agora lidar com uma realidade bem diferente: a superfície da Terra foi queimada pelo sol e virou um deserto pós apocalíptico (vai vacilando aí com a torneira aberta!) e eles precisam encarar criaturas disformes chamadas Cranks, que desejam devorá-los vivos (só isso, coisa fácil). Pra quem curte o estilo ação teen, (e quem viu o primeiro e quer saber como a história continua), é a dica da semana.


Dragon Blade (Tian jiang xiong shi) - trailer

Jackie Chan está de volta as telonas! Em mais um de seus habituais personagens modafoca das artes marciais, mas dessa vez, no século I a.C. Precisamente no ano 48 a.C., o general romano Lucius (John Cusak, aquele que queria ser outro John, o Malkovich) foge com seu pelotão e o herdeiro do Cônsul Romano, Publius (Jozef Waite), para escapar do imperador Tiberius (Adrien Brody, Salvador Dali, toca piano e dirige hotel) que deseja tomar o trono e matar Publius (chineses e seus pirralhos sagrados, sempre). Em um forte na fronteira da Rota da Seda, o grupo conhece o huno Huo An (Jackie Chan, o herói) que é responsável por proteger o local. Quando descobre que o imperador está à caminho, Huo An recruta um exército e se une aos romanos em uma épica batalha. Não precisa se falar muito sobre um filme com Jackie Chan de protagonista, seu estilo já é autoexplicativo. O filme é a dica samurai da semana!


(Cris F Santana)

cris f santana

Um comentário:

  1. A lack of accuracy and precision was the main problem with these early automated processes. The control methods weren’t robust enough to make the linear motion necessary to chop through metal. As servomechanisms were developed, they became the answer to this problem outcome of|as a result of} they can execute highly effective, controlled movements. Two servos may be hooked up to supply a synchro — high precision machining a system that accurately matches one servo’s motion to a different. Machinists may measure the output of those synchros to a high stage of accuracy and inform additional motion of the synchros to create a closed-loop control system.

    ResponderExcluir