quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Caneca Ligeira: Terror a Bordo (por Julio Chuman)

Dead Calm (1989)

Um casal, após a traumática perda do filho, decide tirar férias em um pequeno veleiro. Ao ajudar um náufrago, primeira pessoa que eles avistam depois de semanas em alto-mar, acabam tendo que lutar por suas vidas.

Dirigido por Phillip Noyce (Salt, Perigo Real e Imediato), esse thriller australiano até começa interessante, reforçando de maneira belíssima o isolamento daquele casal diante a situação que eles têm que enfrentar, mas acaba se valendo de soluções implausíveis e de excessivas coincidências para seguir sua trama, enfraquecendo nossa crença no filme. Apesar disso, o filme fez sucesso na época, 
lançando a carreira de Nicole Kidman em Hollywood.




Mas indiferente as irritantes saídas encontradas pelo roteiro, escrito por Terry Hayes a partir do livro de Charles Williams, nunca lançado no Brasil, o filme tem alguns méritos que merecem destaque: o excelente trabalho de montagem de Richard Francis-Bruce (Um Sonho de Liberdade, Seven), que apesar de ter dois focos distintos correndo de maneira paralela durante a história, nunca deixa o espectador se perder; e a boa atuação do fraco Billy Zane (Titanic, O Fantasma), como o perturbado Hughie.

Julio Chuman

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...