quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Caneca Ligeira: Alligator - O Jacaré Gigante (Por Julio Chuman)

Alligator (1980)

Um dos “sucessos” repetidos a exaustão no SBT, Alligator é uma das inúmeras cópias baratas de Tubarão, filme de monstro que estourou nas bilheterias mundiais em 1975 e se transformou no primeiro blockbuster da história do cinema.



Com uma trilha sonora que lembra bastante a clássica composta por John Williams para o filme de Steven Spielberg, esse longa dirigido por Lewis Teague (Cujo, A Jóia do Nilo) e que acompanha os ataques de um crocodilo gigante que cresceu nos esgotos de uma cidade após ser jogado pela descarga, falha naquele que um dos grandes trunfos da obra de Spielberg: a manutenção constante do suspense e o desenvolvimento dos personagens protagonistas. Afinal, como manter o terror com um animal bastante lento, principalmente quando em terra firme, ou como se envolver com um dos casais mais sem sentido da história do cinema, em atuações hilárias (no mal sentido) de Robert Forster e Robin Riker.

Mas apesar disso, o filme tem um charme trash inquestionável que faz com que a experiência de vê-lo não seja uma completa perda de tempo.

(Julio Chuman)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...