sexta-feira, 29 de maio de 2015

Terror na Caneca: Poltergeist - O Fenômeno (por Roberta Ferreira)

(Poltergeist - 2015)

Após algum tempo, estamos de volta com o Terror na caneca! A bola da vez é o remake de Poltergeist - O Fenômeno.


A história escrita por Steven Spielberg foi sucesso nos anos 80, mais especificamente em 1982 e alguns fatos curiosos chamaram atenção da audiência, como mortes de integrantes do elenco e produção, que deram um status de "amaldiçoado" ao filme.

Voltando ao momento atual, o novo filme tem direção de Gil Kenan e produção de Sam Raimi (A morte do demônio, O grito). No elenco temos Sam Rockwell, Rosemarie DeWitt, Kennedi Clements, Saxon Sharbino e Kyle Catlett.

A trama se inicia com um cliché dos filmes de terror, a família que procura uma casa para comprar e, após a mudança, os novos moradores começam a ser importunados por fenômenos sobrenaturais.
Os três filhos do casal são incomodados pelos espíritos, porém fica claro que a criança mais nova é o interesse principal deles.

Os fenômenos acontecem pois os espíritos que estão presentes na casa (construída sobre um antigo cemitério) conseguem abrir um canal de comunicação com o mundo dos vivos por meio dos eletrônicos da casa.



O filme tem alguns problemas, pouco assusta, o apelo do original foi perdido em relação ao remake, a TV que desempenhava papel importante, possuía o elemento da estática no original, é difícil para geração de agora comprar a ideia da estática em uma TV de tela plana.
Até mesmo os efeitos gráficos que simulam os espíritos que habitam a casa parecem um pouco forçados demais.

A árvore que cria vida é difícil de acreditar, com sorte o espectador leva uns três sustos no filme todo.
Sendo que um deles já está explícito no trailer.
A introdução do personagem caçador de fenômenos sobrenaturais beira o cômico, perdendo ainda mais o clima de terror que quase não existe.

Resumindo, não aprovei o filme. Mas pretendo ver o original pra entender o motivo de tanta histeria criada em torno dele, que o transformou em um clássico do terror no passado.

(Roberta Ferreira)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...