segunda-feira, 17 de novembro de 2014

O Mordomo da Casa Branca (Por Rodrigo Sansão)



Hoje vou escrever um pouco sobre o filme "O Mordomo da Casa Branca". 

O nome do filme pode te sugerir um filme de comédia "trash" da Sessão da Tarde, mas não, não se enganem, "O Mordomo da Casa Branca" é um filme muito melhor do que você possa imaginar. Um drama muito bem  dirigido por Lee Daniels que retrata o comportamento da sociedade norte-americana dividida pelas questões raciais do século passado.

Baseado numa história real, a trama acompanha a história de Cecil Gaines, interpretado pelo brilhante  Forest Whitaker,  como mordomo na Casa Branca  entre 1952 à 1986. 

O elenco ainda inclui Oprah Winfrey, Cuba Gooding Jr., Robin Williams, John Cusack, Lenny Kravitz e Jane Fonda. 
(Ah e também a pequena participação de Mariah Carey, que só fui perceber depois do fim do filme e antes de começar a escrever esse post rs)

O filme tenta fazer um paralelo entre o período em que Cecil trabalhou na Casa Branca e os acontecimentos históricos na luta pelos direitos civis dos afrodescendentes norte-americanos. 

Próximo dos homens mais poderosos dos Estados Unidos da América, Cecil tenta cumprir seu dever e não se intrometer em assuntos políticos. Ao mesmo tempo, precisa lidar com os problemas com seu filho, Louis, interpretado por David Oyelowo.  Enquanto Cecil defende seu emprego e prefere ignorar as injustiças que ocorrem a sua volta, Louis se sente envergonhado pelo trabalho de seu próprio pai e luta arduamente pela causa se envolvendo em protestos e movimentos por todo o país.  Definitivamente, dois personagens conflitantes e complexos que ditam o ritmo de toda história.

O filme tem cenas chocantes e a menos que você tenha sangue de barata, em algumas cenas seu sangue vai subir.  Por vezes ficamos nos perguntando como que o ser humano consegue ser tão desprezível a ponto de achar que a cor da sua pele o torna superior a outro ser humano. E mais triste saber que o racismo ainda está a nossa volta, deixando rastro de dor e ódio pra todos os lados.

Enfim, mesmo com alguns deslizes em relação ao ritmo (ora muito rápido, ora muito intenso), mesmo maçante devido a mais de 2 horas de filme, você irá gostar e não irá se arrepender de assistir!!! Recomendo!!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...